05 maio 2008

Leituras


O Navegador Solitário é um excelente livro escrito por João Aguiar. Trata-se de um diário cujo protagonista, Solitão Francisco Fernandes (de 15 anos) , narra, obrigado pelo espírito do seu avô Aquilino, o desenrolar da sua existência.
Relatando a sua vida, curiosa e constantemente "lixada", Solitão mostra como é a sua relação com a família, com os amigos, com as mulheres, com a escola e com o seu próprio "eu" ao longo dos anos. Nas várias passagens do diário, surgem momentos de "escrita automática", um fenómeno de carácter parapsicológico, provocado pelo avô.
Ao longo da narrativa, acompanha-se o excitante e interessante crescimento da personagem, comparando também o seu modo de escrita, cada vez mais evoluída, com o passar do tempo.
Micaela Amorim, 10º A

Sem comentários: