09 novembro 2010

Abraços de carinho, enrolados em papel de agradecimento

Como já devem ter lido e visto, no nosso post de 22 de Outubro, tivemos o prazer e o privilégio da visita da escritora Lina Tâmega Peixoto. Depois de uma manhã muito bem passada, a escritora quis deixar-nos uma mensagem de agradecimento por ter sido tão bem recebida e fê-lo em forma de poesia. Aqui ficam as palavras e o poema que nos ofereceu.
     O poema é forma de agradecer  por todos os momentos de fruição de beleza e encantamento em que se revestiram meus sentidos.Abraços de carinho, enrolados em papel de agradecimento.
  Lina Tâmega Peixoto
  Brasília, novembro de 2010

À volta d’Os bichos da vó


Para a Escola Secundária Lima de Freitas


Desenham os bichos da vó
com dedos de sóis
ruídos de sonhos
e o ar do azul do céu.
Puxam pelo rabo, orelhas e peles
as formas enroladas nas palavras.
O gancho das vozes
a pendurar na manhã
as histórias reinventadas
costuram redes de água
para que os bichos caiam,
como mansas goteiras,
no chão de Setúbal.


Há silêncio como um oceano
que agoniza enterrado em ondas,
mas escutam-se gestos e meneios do corpo
a estremecer o peixe e a escamar
as pérolas das ostras.
Um caracol de vento
empurra as tartaruguinhas
para as rugas das páginas.
Lagartixa e girafa encrespam o orvalho
e são tocos acesos de estrelas.
Num tempo sem nome,
o lume-de-ar de um bicho
escreve sua doida história.


Contemplo a formosura dos bichos da vó
recém-traçados no livro da infância
pelo árduo e amoroso galho dos versos.



Lina Tâmega Peixoto
Brasília, novembro de 2010.



Sem comentários: