28 maio 2010

Poemas aos Pulos!


A nossa escola não pára! O aLer+ esteve com a Educação Física e o resultado foi uma corrida de orientação intitulada: Poemas aos pulos! Esperamos que os alunos se tenham divertido e, como nota, congratulam-se os professores de Ed. Física que em conjunto com os professores de Língua Portuguesa do 7º ano, realizaram esta actividade.

Lima de Freitas


Ontem, dia 27 de Maio, na Biblioteca da escola Lima de Freitas realizou-se uma pré-inauguração do quadro do referido pintor, quadro este que foi oferecido pela família à nossa escola. Fizeram as honras da casa os alunos João Prates, André Soares e Luis Loição com a apresentação do seu trabalho que desde logo gerou, entre os presentes, uma participação interessada e animada.
Ficamos a aguardar a construção da nova escola para que se realize a inauguração oficial, que contará, de certeza, com a participação activa destes alunos. Parabéns a todos.

Novo encontro entre Padrinhos e afilhados

Na passada quinta-feira, dia 27 de Maio, os padrinhos de leitura do 8º E e do 8º F deslocaram-se à escola EB1 do Casal das Figueiras, para mais um encontro com os seus afilhados do 4º ano. Novamente, as actividades realizadas tiveram como base os livros, cujas histórias (O Livro da Avó, com texto e ilustração de Luís Silva e a Menina do Capuchinho Vermelho do Séc. XXI, de Luisa Ducla Soares) serviram de suporte a duas pequenas peças de fantoches. Houve ainda tempo para uma fatia de bolo e uma fotografia final, a prometer que para o ano se vão voltar a encontrar.



26 maio 2010

Samuel, o "nosso" poeta!

"A força da poesia no primeiro projecto literário de Samuel" é este o título que abre um elogioso artigo acerca de Samuel Simão, no suplemento do prestigiado Semanário Expresso, Sem Mais, de 15 de Maio. Num tom muito positivo e bem escrito, este artigo dá conta do percurso biográfico de Samuel e da sua breve mas intensa carreira literária. Fala dos seus sonhos e projectos, deixando a ideia de um jovem empreendedor e dinâmico que não vai baixar os braços até alcançar os seus objectivos. Foi esta a imagem que Samuel deixou a quem o conheceu e é assim que o queremos ver. Tivemos o prazer de o ter como aluno nesta escola; temos o prazer de o ter como amigo. Não podíamos deixar de fazer referência ao seu trabalho e de lhe desejar as maiores felicidades. Parabéns Samuel.
CC

10 maio 2010

Singularidades de uma rapariga loira

Hoje vamos apresentar mais uma das obras para o concurso Leituras e Companhia: Singularidades de uma rapariga loira. Obra de Eça de Queirós, de 1874, além de uma obra-prima, é o primeiro conto de cunho realista em português.
É uma história de amor de um jovem honesto e trabalhador, Macário, por uma rapariga loira que "Tinha o carácter louro como o cabelo - se é certo que o louro é uma cor fraca e desbotada: falava pouco, sorria sempre com os seus brancos dentinhos, dizia a tudo «pois sim»; era muito simples, quase indiferente, cheia de transigências". É por esta rapariga que é, aparentemente,dócil e sem vontade própria que Macário se apaixona, a ponto de sair de casa de seu tio Francisco, onde trabalhava como escriturário e ir até Cabo Verde em negócios, só para merecer a mão de Luísa. No entanto, Luísa é, de facto, um a rapariga loura e e com características muito especiais. Agora, o resto fica por vossa conta, com uma pequena ajuda do filme para abrir o apetite.
CC


Singularidades de uma Rapariga Loura (2009) #1

Seminário

Dia 6 de setembro  decorreu no Cinema Charlot- Auditório Municipal  o seminário  “ Promoção da Cidadania e Igualdade de Género” Este e...