08 fevereiro 2013

Os incríveis Dalton

Conhecem a expressão: "Não queres ler vê os bonecos?" Então experimentem esta sugestão para a interrupção do carnaval. Os Irmãos Dalton! Os verdadeiros Dalton  (Bob, Grat, Bill e Emmett) são as figuras centrais das histórias que compõem a coleção Lucky Luke. Com o seu aspecto particular e uma inacreditável estupidez natural, os quatro bandidos fazem a sua aparição em apenas dois albuns de toda a coleção. A ideia ocorreu ao desenhador e argumentista Morris em 1951, quando estava a viver em Nova Iorque e tomou a decisão de incluir figuras históricas da conquista do Oeste.  Para se documentar, o autor pesquisou na Biblioteca de Nova Iorque - naquele tempo não havia Internet .... -, onde os documentos davam conta de uma série infindável de actos à margem da lei nos quais era dificil separar a fição da realidade. De facto, a carreira da quadrilha durou dois anos e consistia essencialmente em assaltos a comboios, realizados de forma desajeitada, sem imaginação e terminando em matanças sangrentas. Morris decidiu dar aos quatro irmãos a mesma expressão facial assustadora e pouco inteligente, complementando o retrato com o escalonamento das alturas. O primeiro confronto dos Dalton com Lucky Luke acabou com o bando no cemitério.  A publicação da história teve um êxito enorme e começaram a suceder-se as cartas de leitores a pedir mais aventuras com aqueles personagens. Como não era possível ressuscitá-los, René Goscinny, que entretanto assumira a autoria dos argumentos da série, teve a ideia de introduzir os primos Dalton (Joe, William, Jack e Averell). Eram em tudo idêntidos aos originais, obcecados com a morte dos primos e com a ideia da sua vingança. O resto da história todos conhecem. Ou não?
CC

Sem comentários:

Dia Internacional da Paz

ia Internacional da Paz Esta iniciativa mundial foi estabelecida pelas Nações Unidas em 1981 e foi comemorada pela primeira vez em setemb...