22 novembro 2007

A propósito dos aforismos dos filósofos pré-socráticos...

  • Diz-se que o tempo cura tudo, mas quem cura o tempo? O devir do próprio tempo. (Ana Catarina Monteiro)
  • O Cosmos é o todo? E nós o que somos? Uma parte do todo? Ou outro todo também? (Rafaela Pardete)
  • Se o pensamento é livre, porque não imaginamos o desconhecido? (Rui R.)
  • O homem criou o mundo e o mundo vai criando o homem. (Ana Catarina Cruz)
  • O átomo é o finito do infinito. (Vanessa Fonseca)
  • Um universo tão grande com homens tão pequenos... (Rafaela Galantinho)
  • O Cosmos é uma totalidade infinita de tudo e de nada ao mesmo tempo e não terá o Homem um pouco de Cosmos dentro de si? (João P. Salgado)
  • O homem está para o cosmos como a bactéria está para a doença. (Neuza F. Barreto)

Sem comentários: